Bem-estar

10/10/2016 08h00

Se alimente melhor!

No dia Mundial da Alimentação pare e reflita sobre seus hábitos de consumo

Por Nosso Bem Estar

ADOBE STOCK/NBE
Ali

Você sabe mesmo qual é a diferença entre os alimentos orgânicos e os não orgânicos?

16 de Outubro é o Dia Mundial da Alimentação, comemoração que teve início em 1981, e é celebrada em mais de 150 países como uma importante data de conscientização sobre o direito de todos à alimentação e sobre a qualidade dos alimentos.

Com o crescimento alarmante do uso de agrotóxicos e de transgênicos no Brasil na última década, esse debate tornou-se ainda mais vital e urgente.

ORGÂNICOS X NÃO ORGÂNICOS

Mas você sabe mesmo qual é a diferença entre os alimentos orgânicos e os não orgânicos? Ao contrário dos alimentos ditos convencionais, os produtos orgânicos utilizam técnicas específicas, que respeitam o meio ambiente durante todo o seu processo de produção. Além do mais, eles também visam a qualidade final do alimento, já que não são usados agrotóxicos ou outro tipo de agroquímico que possa acarretar algum dano à saúde de quem consumir o alimento. Ou seja, eles são obtidos de maneira mais natural, por isso são mais saudáveis e até mais saborosos e nutritivos, preservando a saúde de quem consome e de quem produz.

DADOS ESTARRECEDORES

Segundo dados da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida, o Brasil é o segundo maior consumidor do planeta, depois dos EUA e cada brasileiro consome em média 5,2 litros de agrotóxicos por ano. 

O uso de agroquímicos já é a segunda causa de contaminação da água no Brasil. Só perde para o despejo de esgoto doméstico. Esse crescimento se deu principalmente após a liberação e expansão das lavouras de transgênicos que exigem maior uso de agrotóxicos.

Diversos estudos científicos comprovam a associação dos agrotóxicos e/ou transgênicos com o aumento de cânceres, abortos, más-formações congênitas, alergias,  Alzheimer, alterações neurológicas e somáticas, entre outros malefícios . Frente a esses dados não resta dúvida de que é urgente mudarmos nossos hábitos de alimentação.

ONDE E COMO

Para se certificar de que o alimento é orgânico, verifique na embalagem se o produto tem o selo de certificação orgânica. Normalmente os alimentos certificados no Brasil são oriundos de pequenos agricultores familiares. Em algumas cidades, esses agricultores entregam diretamente seus produtos aos consumidores.

Os alimentos orgânicos são encontrados à venda principalmente em “Feiras Orgânicas” ou “Feiras Verdes” e em fruteiras especializadas. Podemos encontrar frutas, verduras, legumes, grãos, ovos, enfim, uma variedade de produtos saudáveis e nutritivos.

Procure, vale a pena. Sua saúde não tem preço!

Bons motivos para consumir orgânicos

1. Evita problemas de saúde causados pela ingestão de substâncias químicas tóxicas.

2. Alimentos orgânicos são mais nutritivos. Solos ricos e balanceados com adubos naturais produzem alimentos com valor nutritivo até 20 vezes maior do que em alimentos comuns.

3. Alimentos orgânicos são mais saborosos. O sabor e o aroma são mais intensos.

4. A produção respeita o meio ambiente, evitando a contaminação de solo, água e vegetação.

5. A produção usa sistemas de responsabilidade social, principalmente na valorização da mão de obra dos produtores.

X